Menu Site
 Por: Agência Indusnet Fiesp
21/11/2018 11:00 - atualizado às 15:50 em 21/11/2018

O Sesi Vôlei Bauru estreou com vitória na noite desta sexta-feira (16 de novembro), na Superliga Cimed 2018/2019 ao superar o Hinode/Barueri por 3 a 0 (27/25, 25/22 e 25/15), no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP). Agora a equipe se prepara para reencontrar o Osasco/Audax, rival da final do Campeonato Paulista, na segunda rodada da competição, no próximo dia 20, às 20h, no Ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), com transmissão ao vivo do Sportv.

O grupo de Bauru iniciou a partida com a seguinte formação: Fabíola, Palacio, Vanessa Janke, Valentina Diouf, Valquiria, Saraelen e Tássia. O primeiro set começa com o Sesi Vôlei Bauru abrindo frente de quatro pontos no 5/1 e José Roberto Guimarães pede tempo. No reinício, o Sesi Vôlei Bauru permite a reação do Barueri, que empata no 13/13 e depois no 17/17. Em erro de ataque de Tifanny o Barueri vira o placar para 18/17 e abre dois no 19/17, mas o Sesi Vôlei Bauru reage, empata no 19/19 e vira no 21/20. Em seguida, o Barueri novamente vira para 22/21. Em reta final emocionante e disputada ponto a ponto, o Sesi Vôlei Bauru salvou dois set points desfavoráveis, virou o placar e fechou a parcial em 27/25.

No segundo set o Barueri sai à frente com 5/2, mas o Sesi Vôlei Bauru vira para 6/5. O Barueri volta a abrir três pontos no 9/6 e sustenta a vantagem até o 14/11, quando o Sesi Vôlei Bauru reage, empata no 14/14 e José Roberto Guimarães pede tempo. No reinício o Barueri abre três de vantagem no 17/14, mas o Sesi Vôlei Bauru volta a reagir, empata em 17/17 e passa à frente no 19/18. A partir daí, o Sesi Vôlei Bauru não permite novas reações do Barueri e fecha a parcial em 25/22.

Diferentemente dos dois anteriores, o terceiro set foi totalmente dominado pelo Sesi Vôlei Bauru, que comandou o placar desde o início e chegou a abrir dez pontos de vantagem. Desta forma, com tranquilidade, fechou a parcial em 25/15 e o jogo em 3 a 0.

As maiores pontuadoras do Sesi Vôlei Bauru no confronto foram a oposta Valentina Diouf, com 15 pontos, a ponteira Palacio, com 12, a central Valquiria, com 7, a ponteira Vanessa Janke e a central Saraelen, ambas com 6. O Troféu Viva Vôlei como destaque da partida ficou com a levantadora Fabíola.

O técnico Anderson Rodrigues destacou que a principal virtude da equipe no duelo foi a eficiência coletiva. “Nossa concentração foi muito bacana, pois o time jogou como um todo hoje. Não foi a Valentina que fez muitos pontos no ataque ou a Tifanny que entrou e resolveu no ataque. Foi um time como um todo, com bom saque e boa relação bloqueio-defesa, além do sideout que funcionou muito bem”, analisou o treinador.