Menu Site
 Por: Agência Indusnet Fiesp
15/10/2018 10:41 - atualizado às 08:35 em 12/11/2018

O Sesi Vôlei Bauru fez a lição de casa e venceu o Renata/Valinhos por 3 a 0 (25/11, 25/14 e 25/20) nesta sexta-feira (12 de outubro), no ginásio do Sesi da rua Rubens Arruda, em Bauru, em seu último duelo da fase classificatória do Campeonato Paulista 2018. Com o resultado, a equipe conquistou a quinta vitória consecutiva, mantendo-se como o único time ainda invicto, e também a vantagem de decidir em casa na semifinal e em uma eventual final.

A definição do rival do Sesi Vôlei Bauru nas semifinais dependerá do confronto entre o vice-líder Hinode/Barueri, com oito pontos, diante do Osasco/Audax, terceiro colocado com sete pontos. Ambos se enfrentam nesta sexta-feira, às 21h30, no Ginásio José Liberatti, em Osasco.

Caso o Hinode/Barueri vença o duelo por 3 a 0 ou 3 a 1, a definição do adversário do Sesi Vôlei Bauru nas semifinais sairá dos critérios de desempate entre Osasco/Audax e Pinheiros, pois ambos encerrariam a fase classificatória com sete pontos. Já se o Hinode/Barueri superar o rival por 3 a 2 ou o Osasco/Audax vencer o Hinode/Barueri, independentemente do placar, o Sesi Vôlei Bauru terá pela frente o Pinheiros nas semifinais.

Os jogos do Sesi Vôlei Bauru nas semifinais estão previstos para serem realizados nos próximos dias 25, às 19h30, com mando do Pinheiros ou do Osasco/Audax, e 29, às 19h, em Bauru. O regulamento do Paulista prevê que as vagas para a final serão decididas em cruzamento olímpico nas semifinais (1º x 4º e 2º x 3º). Serão duas partidas, tanto na semifinal quanto na final, e em caso de empate a decisão vai para o golden set, no fim da segunda partida.

Mas, antes de iniciar os confrontos das semifinais do Estadual, o Sesi Vôlei Bauru disputará dois amistosos diante do atual campeão da Superliga, o Dentil/Praia Clube, nos próximos dias 18, às 20h, e 19, às 18h30, em Uberlândia. As partidas ocorrem na Arena Praia e terão entrada franca.

O jogo

Sem a líbero Tássia e a ponteira Palacio, que não foram relacionadas para a partida a fim de evitar maior desgaste físico após o duelo de cinco sets contra o Osasco/Audax, e a central Andressa Picussa, ainda recuperando-se de lesão no joelho, o Sesi Vôlei Bauru iniciou o confronto com a seguinte formação: Naiane, Edinara, Vanessa Janke, Tifanny, Saraelen, Valquiria e Arlene.

O primeiro set começa com Valinhos abrindo 2/0, mas rapidamente o Sesi Vôlei Bauru passa à frente e no 7/4 o técnico de Valinhos, André Rosendo, para o jogo. No reinício a equipe bauruense, consistente no saque e bloqueio, amplia para 10/4 e Rosendo pede tempo novamente. O Sesi Vôlei Bauru mantém o ritmo e vai aumentando a distância no placar para Valinhos, chegando a 12 pontos no 21/9. Sem sustos, o Sesi Vôlei Bauru fecha a parcial em 25/11.

O segundo set foi totalmente dominado pelo Sesi Vôlei Bauru do início ao fim, com a equipe chegando ao 5/1 e Rosendo pedindo tempo. Na sequência, o Sesi Vôlei Bauru vai aos poucos aumentando a folga no placar e, com oito pontos de desvantagem no 13/5, Valinhos para o jogo. E, assim como na parcial anterior, o Sesi Vôlei Bauru mantém a regularidade nos fundamentos e constrói vantagem de dez pontos no 17/7. Desta forma, com tranquilidade, o Sesi Vôlei Bauru fecha a parcial em 25/14.

No terceiro set Valinhos abre 2/0, mas o Sesi Vôlei Bauru, se aproveitando dos erros do rival, logo passa à frente e passa a comandar o placar, chegando ao 7/2 e com Rosendo parando o jogo. No reinício o panorama segue o mesmo, com o Sesi Vôlei Bauru controlando as ações e fechando a parcial em 25/20 e o jogo em 3 a 0.

As maiores pontuadoras do Sesi Vôlei Bauru no duelo foram a oposta Tifanny, com 15 pontos, a ponteira Edinara, com 10, a central Valquiria, com 8, a central Saraelen e a ponteira Gabi Cândido, com 7.

O técnico Anderson Rodrigues enalteceu o fato da equipe terminar a fase classificatória invicta e na liderança do Estadual, porém ressalta que ainda é preciso evoluir. “Foi fruto do esforço de todo o grupo ao longo dessas cinco partidas. É algo que nos motiva a continuarmos nosso trabalho, sempre pensando em evoluirmos ao longo da competição. Precisamos pensar, principalmente, em evitarmos erros bobos como temos cometido nas partidas”, analisou o treinador do Sesi Vôlei Bauru.