Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp
12/10/2018 00:32 - atualizado às 08:35 em 12/11/2018

Foi no detalhe, decidido apenas no tie break. Mesmo com o grupo entrosado, o time masculino de vôlei do Sesi-SP oscilou em alguns momentos e foi superado pelo EMS Taubaté Funvic por 3 sets a 2 (25/17, 23/25, 22/25, 25/13 e 15/11), na noite desta quinta-feira (11) e sai atrás na briga pelo título do Campeonato Paulista 2018.

Com o resultado, o grupo da capital paulista precisa de duas vitórias nesta segunda-feira (15), às 21h30, em São Paulo, no ginásio da Vila Leopoldina. A primeira por qualquer placar, e na sequência será disputado o golden set (set extra de 25 pontos), para se consagrar campeão estadual.

Fora de casa, com o ginásio do Abaeté lotado, o Sesi-SP iniciou o jogo com um ponto de saque do central Gustavão, que mirou o ponteiro Douglas Souza logo de cara. Porém, embalados pelo apoio do torcedor taubateano, os donos da casa reagiram, buscaram a dianteira e logo fecharam a primeira parcial na frente.

Na sequência do confronto, o oposto Alan Souza, que vinha mais apagado no primeiro set, reencontou sua força, se juntou ao ponteiro Lipe e colocou o time da Vila Leopoldina na briga direta pelo marcador. Com o placar igualado, o Sesi-SP ajustou os detalhes, cresceu no bloqueio e mesmo com a saída do Lipe com dor na coxa, Renato substituiu o campeão olimpico à altura e manteve o grupo da capital na frente, garantindo a virada no placar.

Sem ficar para trás por muito tempo, o Taubaté trouxe o ponteiro Facundo Conte para o jogo no lugar do jovem Douglas Souza e voltou a incomodar. Com a pressão vinda do lado adversário o Sesi-SP precisou manter a virada de bola para garantir o primeiro resultado positivo. Porém o grupo do Vale do Paraíba reassumiu o controle e no quinto set garantiu a vitória.

Com 19 pontos do oposto Alan Souza e 15 do ponteiro Lucas Lóh, o Sesi-SP brigou de igual para igual com o Taubaté, mas no detalhe deixou a vitória escapar. Para o levantador e capitão da equipe, William, o grupo precisa reencontrar o equilibrio para garantir dois resultados positivos nesta segunda-feira.

“Foi um jogo bom, como tinha que ser, um 3 a 2 bem disputado. Nós oscilamos bastante, talvez porque estamos chegando agora na equipe após a seleção. Mas temos muita coisa para corrigir, precisamos equilibrar isso. Fizemos sets em que fomos bem mal e os que ganhamos fomos muito bem, então achar esse equilibrio será a arma para vencer e garantir esse título”, explicou.

O Sesi-SP entrou em quadra com o levantador William, o oposto Alan Souza, os ponteiros Lipe e Lucas Lóh, os centrais Éder e Gustavão e o líbero Murilo. Entraram Evandro. Franco e Renato. O Taubaté começou com Uriarte, Vissotto, Lucarelli, Douglas Souza, Robinho, Lucão e Thalles.