Menu Site
 Por: Núcleo de Comunicação
18/12/2018 16:01 - atualizado às 15:56 em 21/12/2018

Em disputa acirrada, a equipe do SESI-SP voltou ao pódio do Campeonato Brasileiro Masculino de Voleibol Sentado – Série Ouro, ao vencer a competição pelo segundo ano consecutivo. O jogo decisivo contra o Vasco da Gama-RJ, com direito a tie-break, aconteceu na última sexta-feira (14/12), no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

A emocionante partida final

O time do SESI-SP saiu na frente, ao vencer o primeiro set (por 25 a 18), mas a equipe adversária levou a melhor no segundo, em que o SESI conseguiu fazer 15 pontos. Na terceira disputa, nossos campeões bateram o time carioca, que reagiu no quarto set, virando o placar e vencendo por 26 a 24. O SESI-SP pôs a mão na taça ao fechar a partida por 15 a 11.

Vitória reflete apoio da instituição nos times paralímpicos

Para o técnico do vôlei masculino, Célio César Mediato, o bicampeonato chegou num momento oportuno. “Demostra que estamos no caminho correto. Nos dedicamos ao máximo nos treinamentos e nas competições, principalmente para dar um retorno positivo ao SESI-SP. A vitória é nossa resposta a tudo que a instituição vem fazendo por cada um de nós e pelo esporte olímpico e paralímpico”, comemorou.

Segundo o treinador, o título dá a equipe mais confiança para a continuidade do trabalho. “Se manter no topo, é muito difícil. Nos tornarmos referência e há muitas pessoas trabalhando para isso acontecer”, lembrou ele, ao citar os esforços do presidente Paulo Skaf, do superintendente, Alexandre Pflug, do coordenador geral das equipes da instituição, Ronaldo Oliveira, além da direção do SESI Suzano, local onde acontecem os treinamentos das equipes.

De olho nos Jogos Paralímpicos de 2020

Célio comentou o fato inédito conquistado em 2018, quando as equipes A e B participaram da final do Campeonato Paulista. “Com total dedicação, queremos repetir esse feito em 2019”. E adiantou que vão batalhar pela vaga nos Jogos Paralímpicos de 2020.

“Houve mudanças na regra e, infelizmente, a medalha de bronze conquistada no mundial da modalidade este ano, não nos garante mais a vaga automática na competição”, explicou ele, que também é técnico da seleção brasileira que chegou ao terceiro lugar com a ajuda de quatro atletas do SESI-SP.

“Nossa classificação deve sair em 2019, nos Jogos Parapan-Americanos de Lima. A seleção precisa vencer para integrar a paralimpíada. Teoricamente o jogo mais difícil vai ser contra os EUA. Mas vejo esses desafios como algo positivo, além disso, temos atletas do SESI-SP dentro da seleção. Vamos nos dedicar para levar o time brasileiro ao topo”, disse, otimista.

 

Leia também:

Com atletas do Sesi-SP, equipe masculina de vôlei sentado leva bronze no mundial e garante vaga nos Jogos Paralímpicos de 2020

http://www.sesisp.org.br/noticia/com-atletas-sesi-sp-equipe-masculina-de-volei-sentado-leva-bronze-no-mundial-e-garante-vaga-nos-jogos-paralimpicos-de-2020