Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp
30/10/2018 11:50 - atualizado às 14:45 em 05/11/2018

Além de preparar atletas para o futuro do esporte nacional, o Sesi-SP também é reconhecido como um grande fornecedor de atletas para a Seleção Brasileira em suas diversas modalidades. Exemplo é o Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, no Peru, que vai de 31 de outubro a 12 de novembro, com 9 atletas da indústria, divididos em polo aquático e natação, viajando para Trujillo com concretas chances de medalhas e vagas para os Jogos Pan-Americanos de 2019.

Na primeira modalidade a ser disputada, o polo aquático, que acontece entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro, o Sesi-SP ajudará com força total. O defensor Bernardo Reis, o centro Marcos Paulo, e os atacantes Arthur Salgado e Roberto Freitas, junto com o técnico André Avallone, serão os nomes da indústria na seleção brasileira masculina. No grupo feminino, o Brasil contará com a defensora Yasmin Ferraz, a centro Julia Cardoso e a atacante Mirella Coutinho.

Passando por um período de reconstrução após os Jogos Olímpicos Rio 2016, as seleções de Polo Aquático têm como principal objetivo uma vaga nos Jogos Pan-Americanos 2019. No masculino, apenas quatro atletas dos Jogos Olímpicos estão convocados para o Sul-Americano. No feminino, são cinco representantes da seleção olímpica que estarão no Peru.

“Esse Sul-Americano é fundamental para o início desse novo ciclo. Além de ser seletiva para o Pan-Americano, essa competição será a primeira com esse grupo, visando à construção de um time novo. São jogadores jovens mesclando com atletas mais experientes. A gente espera conquistar essa vaga e a partir daí desenvolver ainda esse grupo e buscar a vaga para Tóquio 2020”, comentou o técnico André Avallone.

Depois de atuar como auxiliar da seleção brasileira junto com o técnico Mirko Blazevi em 2013, Avallone assumiu em 2018 o desafio de comandar a seleção adulta. “É uma honra muito grande poder estar à frente dessa seleção, representando não só o Brasil como todos os técnicos do nosso país. Está sendo um prazer imenso poder fazer bons treinos com essa equipe e ainda contar com o apoio do Sesi-SP em nos ceder as estruturas para esses treinamentos pré competição”, finalizou.

Após as disputas coletivas, será a vez da natação brasileira entrar em ação. Entre os dias 7 e 11 de novembro os nadadores do Sesi-SP Daynara de Paula (50 e 100m livre, 50 e 100m borboleta) e Raphael Rodrigues (50, 100 e 200m peito) representarão o Brasil no Sul-Americano 2018.

Finalista mundial, medalhista em Jogos Pan-Americanos e com três participações em Jogos Olímpicos, Daynara é um dos nomes mais experientes da seleção que irá para o Peru. Para o técnico do Sesi-SP, Fernando Vanzella, a competição terá dois pesos, a briga por tempos melhores dos seus atletas e a possibilidade de compartilharem o conhecimento e experiência com os mais jovens.

“Vai ser uma das principais competições dessa temporada para nossa equipe em termo de nível internacional. A gente tem uma expectativa que eles possam ter uma boa participação. O objetivo é cada um ganhar suas provas individuais, melhorar seus tempos e ajudar o Brasil a ter seu melhor desempenho”, comentou Vanzella.