Menu Site
 Por: Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp
16/10/2018 11:04 - atualizado às 08:36 em 12/11/2018

O Sesi-SP precisava de duas vitórias para ficar com o título. Ao entrar em quadra na noite desta segunda-feira (15 de outubro) no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, o time masculino de vôlei do Sesi-SP sabia que, para recuperar o posto de campeão e ficar com o quinto título do Campeonato Paulista 2018, precisava vencer o jogo contra o EMS Taubaté Funvic e na sequência o golden set (set extra de 25 pontos).

Em uma partida em que chegou a abrir 2 sets a 0 no marcador, o Sesi-SP contou com a força da torcida, que lotou a Vila Leopoldina, para iniciar bem o jogo. O Taubaté chegou a ganhar o terceiro set, porém num final eletrizante, decidido no detalhe, foram os donos da casa que levaram a melhor por 3 sets a 1 (25/21, 25/23, 24/26 e 41/39). Na disputa do golden set a equipe da capital paulista lutou, mas viu o adversário abrir seis pontos de vantagem logo no início e acabou deixando o título escapar com a parcial de 20/25.

Perguntado sobre o que aconteceu com a equipe, que não conseguiu fazer um bom golden set, como na última parcial do jogo em que chegaram aos 41/39, o técnico Rubinho foi claro, "cometemos muitos erros".

"A gente começou mal e aí tivemos que correr atrás o tempo inteiro, isso foi o problema. A gente encostou, mas não conseguiu manter. Eles jogaram muito bem o set e nós cometemos mais erros, e falha num jogo desse é muito complicado, pode significar a derrota. Precisamos estabilizar essas situações para o longo da temporada jogar com mais regularidade"

O Sesi-SP do técnico Rubinho jogou com o levantador William, o oposto Alan Souza, os ponteiros Lipe e Lucas Lóh, os centrais Éder e Gustavão e o líbero Murilo. Entraram Renato, Evandro e Franco. Enquanto o Taubaté atuou com Uriarte, Vissotto, Lucarelli, Douglas Souza, Robinho, Lucão e Thalles.

Supercopa 

Após a disputa do estadual, o Sesi-SP já virá a chave para os torneios nacionais e neste final de semana já encara mais uma decisão. O grupo da capital paulista viaja para Belo Horizonte nesta sexta-feira (19) em busca do título da Supercopa. A disputa que abre a temporada nacional acontece no sábado (20/10), às 20h30, na Arena Minas, contra o Sada Cruzeiro.

A Supercopa reúne o último campeão da Superliga e da Copa Brasil em um jogo único, valendo a taça. Na disputa de 2018, o confronto será entre o campeão da Superliga (Sada Cruzeiro) e o vice da última Copa Brasil (Sesi-SP), já que o Sada Cruzeiro venceu os dois torneios na última temporada.

"Hoje fizemos uma partida espetacular, mas erramos muito no Golden set e não conseguimos virar. Agora é virar a chave e seguir para Supercopa, que vai ser mais um jogo importante, outra final. Temos que entrar com tudo, sabendo que será mais um confronto difícil, que já tem uma história", comentou o oposto Alan Souza.

Os ingressos para a Supercopa masculina estão disponíveis no site www.eventim.com.br e em postos físicos em Belo Horizonte. Para os jornalistas interessados na cobertura do jogo, o credenciamento deve ser solicitado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) através do link http://2018.cbv.com.br/imprensa/credenciamento até o dia 16/10

 

CAMPEONATO PAULISTA  
Ano     Colocação
2009    1º - (Sesi-SP x Brasil Vôlei/SBC) – Estreante na competição
2010    2º - (GRER Araçatuba x Sesi-SP)
2011    1º - (Sesi-SP x Medley/Campinas)
2012    1º - (Sesi-SP x Medley/Campinas)
2013    1º - (Sesi-SP x Brasil Kirin)
2014    2º - (Taubaté x Sesi-SP)
2015    2º - (Taubaté x Sesi-SP)
2016    2º - (Taubaté x Sesi-SP)
2017   
2018   2º - (Sesi-SP x Taubaté)