Menu Site
 Por: SESI São José dos Campos
22/10/2018 17:01 - atualizado às 13:09 em 05/11/2018

O espetáculo A Revolução na América do Sul, resultado do processo de criação desenvolvido pela turma do Módulo Múltiplas Linguagens do Núcleo de Artes Cênicas do SESI-SP, retrata de maneira irônica a realidade e as mazelas brasileiras. A peça acontece no SESI São José dos Campos, nos dias 8, 9, 10 e 11 de novembro, às 20h. Os ingressos estão disponíveis para reserva gratuita no sistema Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi).

Nessa trama, o personagem principal é José da Silva, um trabalhador brasileiro que fica desempregado e sai numa jornada em busca de comida. No seu longo trajeto, passa por diversos lugares como a Cadeia, o Hospital e o Congresso Nacional, até que se vê envolvido com a Revolução da Honestidade. No espetáculo, esse evento se transforma em um grande desfile irônico que retrata as mazelas e as fragilidades da sociedade brasileira, por meio de caricaturas e alegorias.

Sob direção de Roberval Rodolfo, orientador de Artes Cênicas do SESI-SP, a peça está dentro da programação do Cena Livre, temporada de espetáculos dos NACs que traz, este ano, o tema Zona de Conflito.

 

Núcleo de Artes Cênicas do SESI-SP

Com 31 anos de existência, o Núcleo de Artes Cênicas é um dos mais expressivos programas de formação em cultura do SESI-SP. Atende mais de 6 mil alunos por ano, atuando na promoção da qualidade de vida em cursos para adultos, na orientação de jovens estudantes de teatro e na expansão da criatividade infantil por meio da vivência teatral. São ao todo 21 unidades, espalhadas em 18 cidades em todo Estado - A.E. Carvalho, Catumbi (Belenzinho), Vila Leopoldina e Vila das Mercês; Grande São Paulo: Mauá, Osasco, Mogi das Cruzes e São Bernardo do Campo; litoral: Santos. Interior: Araraquara, Birigui, Campinas, Franca, Itapetininga, Marília, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro, São José dos Campos, São José do Rio Preto e Sorocaba.

 

Cena Livre 2018

Todos os anos, em novembro, ao fim do Módulo Múltiplas Linguagens do NAC, os alunos apresentam os espetáculos inéditos, idealizados e produzidos com direção e mediação de seus orientadores de artes cênicas. Gratuitas e abertas ao público, as apresentações das peças fazem parte do processo formativo do curso livre anual, não profissionalizante.

O módulo, voltado para alunos com mais de 18 anos, propõe um aprofundamento na linguagem teatral a partir do estudo de diferentes técnicas e do processo de montagem. Prepara o aluno para a construção dos enredos e dos personagens, idealização dos figurinos e dos cenários e em toda a produção dos espetáculos, tudo sob o olhar apurado dos orientadores de artes cênicas do SESI-SP.

Para convergência dos conteúdos, a cada ano, um tema central norteia a pesquisa dos NACs, respeitando as características e os interesses de cada grupo, possibilitando torná-lo mais abrangente. Nesta edição de 2018, o tema escolhido foi Zona de Conflito, baseada em obras dramatúrgicas da literatura latino-americana.

O alinhamento dos temas do Cena Livre iniciou em 2012, quando as produções utilizaram a obra de Nelson Rodrigues (1912-1980). No ano seguinte, a temática proposta foi Brasilidade, em 2014, Memória e Cidade, em 2015, Histórias Fantásticas, 2016, Mito e Realidade e em 2017, Portas Abertas.

 

Ficha técnica

Texto original: Augusto Boal | Direção: Roberval Rodolfo | Elenco: Ana Clara Soares, Ana Machado, Dyna Mary, Fernando Justolin, Franciele Samira, Gabriela Santos, Giovana Pereira, Giulia Nasciutti, Gleice Alves, Jefferson Junior, Jennifer Vieira, Keila Sango, Luis Filipe Maia, Lusiane Veloso, Nani Amaro, Paulo André, Rafael Henrique, Rosa Tatuada, Sâmmyr Muradi, Solaine Silva, Soledad Ramirez, Thaís Queiroz, Victor D’Angelo, Wellington David | Iluminação: Feu de Andrade, Roberval Rodolfo e Jean Fábio | Sonorização: Feu de Andrade | Adaptação dramatúrgica: Ana Machado e Lusiane Veloso | Figurino e sonoplastia: NAC São José dos Campos | Cenografia: Roberval Rodolfo | Mediadora Cultural: Juliana Gurgel | Auxiliar de manutenção: Alex Benedito | Auxiliar de serviços gerais: Jair Quebradinho e Lourdes Urutu | Estagiário: Danilo Fávaro