Menu Site
Curadoria: Curadoria de Daniel Rangel
Exposição que recebeu mais de 41.000 visitantes no Centro Cultural Fiesp, em São Paulo, realiza um panorama histórico da influência do readymade na produção artística brasileira.

O recorte da mostra realizada na capital Ready Made in Brasil, com curadoria de Daniel Rangel, propõe expandir a discussão sobre a arte contemporânea a partir da influência de Marcel Duchamp e de seu readymade na produção artística brasileira.
No ano de 2017, comemorou-se 100 anos da criação de uma das obras mais importantes e revolucionárias da História da Arte: Fonte, de Marcel Duchamp. Trata-se de um dos mais conhecidos readymades do artista, que criou o conceito por volta de 1915 para classificar alguns de seus trabalhos nos quais se apropriava de objetos retirados do cotidiano, objetos industrializados, com larga escala de produção, que eram desprovidos de sua função original para tornarem-se obras de arte.
Entre os anos de 1960, o readymade é introduzido no Brasil e, desde então, está presente na produção de todas as gerações seguintes de artistas, que frequentemente recorrem ao procedimento duchampiano para realizar suas criações.
Ready Made in Brasil é uma celebração do centenário da obra ícone de Duchamp, do readymade, da apropriação e do principal legado duchampiano para todos os que trabalham no meio das artes: a liberdade.

Artista: Curadoria de Daniel Rangel

Conheça a programação em sua região

de 02 de outubro - até 08 de dezembro
Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado das 09:00 às 20:00
de 17 de julho - até 22 de setembro
Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado das 09:00 às 20:00
de 11 de abril - até 07 de julho
Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado das 09:00 às 20:00